terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Começar o Recomeçar




Eu queria que as pessoas se amassem
E que ninguém chorasse
Eu queria que todos tivessem um natal feliz
Eu queria que pudéssemos enxergar o mundo “cor-de-rosa”
Eu queria que ninguém magoasse ninguém
Nem eu magoasse aos que mais amo
Eu queria salvar o mundo
Eu queria não engordar
Eu queria que todos rissem
Que minha mãe e meu pai estivessem comigo
Que meus amigos fossem felizes
Que todos tivessem o que comer
Que pudéssemos enxergar a vida simples como ela é!
Que a vida não fosse roubada
Que “bandido” fosse feliz
Que o céu fosse sempre despoluído
Que todos acreditassem em algo maior
Que o amor fosse à filosofia e ideologia geral
Eu queria que meus ‘queros’ e ‘queriam’
Tivessem força de vontade suficiente para...
...Entrar esse ano, não com a certeza de deixarem de ser quero.
Mas, com a esperança de tornarem-se verdades.
Porque não vou desistir de começar o recomeçar de cada ano.

3 comentários:

Veriana Ribeiro disse...

estou aqui!!! XDD

é semrpe bom começar o anoi desejando coisas boas, talvez algumas de fato se realizem, né? Acho q essa é a melhor coisa do ano novo, a esperaça.


e quanto ao meu "marido" (hauahuaaaua), é o Andre, um grande amigo meu. FQuando eu te ver conta a historia do "casamento" e dos "filhos"

jeronymo artur disse...

eu parei de fazer planos e desejar as coisas.. deixo tudo acontecer.
nunca dão certo comigo mesmo.
então prefiro deixar que a vida me surpreenda, sem esperar muita coisa.

;)

Rosangela disse...

encarar o novo ano como um presente de Deus é o melhor caminho, muitas vezes o presente nao é o que queriamos mas damos um jeito de ajusta-lo e ele fica perfeito. Assim é com a vida nova que 2008 nos oferece, ajuste-a aos seus ideais e as suas necessidades, aproxime-se de pessoas positivas e alegres. acolha as que perderam a esperança e ajude-as a reencontra-la. só assim os desejos que possuimos se tornaram mais proximos do real. nao nos entristecemos pelo pouco que podemos fazer esse pouco é muito quando somado a força Divina que habita em nós.